Autora: Camila Bortolozo

Como prometido no post anterior, hoje trouxe para vocês um post com o significado dos nomes. Então você, mamãe ou papai, que está em dúvida de qual nome escolher para o bebê que está por vir, a gente te dá uma mãozinha.

significado dos nomes

Muitas vezes a gente tem uma infinidade de nomes em nossa lista e descobrir o significado dos nomes pode facilitar para que você escolha qual tem mais afinidade com sua personalidade, momento em que seu pequeno está a caminho e até mesmo alguma homenagem a algum lugar ou personagem histórico.

Além do significado dos nomes terem um peso bem grande na hora da decisão, algumas dicas são importantes a serem levadas em consideração: a primeira delas é: não se prenda na opinião dos seus familiares e amigos, o que importa é o que você sente aí dentro.

Outra dica é sentir se a sonoridade do nome te agrada, por isso repita o nome e sinta como isso soa para você. Pense também como esse nome combina com o sobrenome e se a grafia dele vai facilitar a vida do seu filho, afinal, não é fácil passar a vida tendo que soletrar seu nome por ter várias letras que complicam na escrita.

Por último, existem nomes fora de moda e os que estão em alta, não leve isso em consideração, pois os nomes vem e voltam, o importante mesmo é se encaixar nas opções anteriores e ter um significado para você!

Clique na letra correspondente para encontrar o nome e saber seu significado:

ABCDEFGHIJ KLMNOP – Q – RSTUV – X – WYZ


significado dos nomes - A

Ana: “graciosa” ou “cheia de graça”. Esse bonito nome feminino reflete o sentido de dádiva ou oferta. Possivelmente é esse sentimento que os pais das meninas registradas com esse nome pretendem transmitir com o nascimento da sua filha.

Alice: “de qualidade nobre”, “de linhagem nobre”. Podem ser em versões francesas: Adaliz, Alesia, Aliz, utilizadas como diminutivo de Adelaide, cuja origem é germânica. O significado do nome Adelaide, do germânico Adelheid, resulta da junção dos elementos adal, que quer dizer “nobre”, e haidu, que significa “espécie”, “tipo”, “qualidade”.

Arthur: “pedra” ou “grande urso”. Um nome de origem incerta, que possivelmente surgiu da língua celta, a partir do termo artwa, que quer dizer literalmente “pedra”. Esta teoria está relacionada com a lenda da espada retirada da pedra pelo Rei Arthur. Esse é um personagem que ficou conhecido através da fábula dos “Cavaleiros da Távola Redonda”.
Outra possibilidade seria a união dos elementos art, que quer dizer “urso”, e ur, que significa “grande”.

Angelina: Diminutivo em latim do nome Ângela. Significa “pequeno anjo” ou “pequena mensageira”. É também a forma feminina e diminutiva do nome Ângelo. A origem do nome é o grego Ággelos, que significa “mensageira”, e que originou a palavra “anjo”.

Aline: “pequena nobre”, “a reluzente, a resplandecente”. O nome surgiu a partir do latim Alina, Alyna, que são variantes de Adelina que tem duas possibilidades de origem.
Adelina pode ter vindo do germânico Ethelyna. Esse é formado pela união dos termos athal, que significa “nobre”, e lind, que quer dizer “serpente”, do qual resulta o significado “serpente nobre, serpente da nobreza”.
Outra possibilidade indica que tenha surgido como um diminutivo de Adélia, nome que surgiu no germânico Athala. Esse, derivado da raiz athal, que significa “nobre”, tem o significado de “pequena nobre”.

Ayla: “luz da lua” ou “luar”; “carvalho”, “terebinto”.  Com duas possibilidades de origem: uma turca e uma hebraica. Assim, através do elemento turco ay, que quer dizer “lua”, por extensão, tem o sentido de “luar” ou “luz da lua”.
Outra hipótese para o surgimento seria através da transliteração do nome hebraico Eilah, que significa “carvalho” ou “terebinto” – pequena árvore de origem mediterrânea com flores de cor púrpura avermelhada.

Agatha: “boa, perfeita, respeitável, virtuosa”. Surgiu a partir dos nomes gregos Agathe e Agathós, os quais por sua vez têm origem na palavra grega agathos, que significa “bom, perfeito, respeitável, virtuoso”.

Alan: “pedra”, “rocha”, “harmonia”, ou ainda “belo” e “formoso”. Existem várias possibilidades de origens, segundo algumas teorias.

A origem mais provável é que derive do céltico Allan, Allen, através do gaélico Ailène, Ailin, que surgiu a partir do substantivo comum ail, que quer dizer “pedra” ou “rocha”.
Outra possibilidade é que tenha vindo da palavra céltica Alun, que quer dizer “harmonia” ou “verdadeira paz”.
Ainda há alguns estudiosos que relacionam a origem do nome Alan a uma palavra gaélica cuja tradução é “belo” ou “formoso”.

Amora: “fruto silvestre”, “feminino do substantivo amor”. Um nome escolhido especialmente por refletir, de forma divertida, o feminino do substantivo amor ou mesmo em virtude de a palavra amor ser o seu radical, o que confere, deste modo, poesia ao nome.

Antônio: “valioso”, “de valor inestimável”, “digno de apreço”. Nome do latim Antonius, origina-se do grego Antónios. Há estudos que sugerem que o nome Antônio tenha vindo do grego antheos, que quer dizer “alimentado de flores”.

Apolo: é um nome de origem grega, vem da palavra Apóllon, que significa “espírito do calor”.
Esse é o nome do deus do Sol e das artes nas mitologias grega e romana. Filho de Zeus (deus dos deuses) e Leto (deusa do anoitecer), é uma das principais divindades da mitologia, conhecido por ser um dos doze deuses do Monte Olimpo.
Apolo era aquele que dirigia o carro de sol através dos céus, responsável por fazer nascer o dia e sustentar o Sol no céu. É por esse motivo que o nome carrega a simbologia do Sol e princípio da criação.

Voltar

Beatriz: “a que traz felicidade”, “aquela que faz os outros felizes” ou “viajante”, “peregrina”. Tem origem no latim beatus, que significa “feliz”, ou no latim Beatrice, de beare, que significa “a que traz felicidade” ou “aquela que faz os outros felizes”.
Há autores que indicam sua origem no termo viatrix, que do latim antigo viator significa “viajante, peregrino”. Isso decorre do fato de os elementos bea e via terem pronúncias semelhantes no latim antigo.

Benjamin: “filho do lado direito”, “filho da felicidade”, “o bem-amado”.  Tem origem no hebraico Ben-iamin, Bin-yamín, elementos que significam ben, “filho” e yamin, “mão direita”, de cuja junção resulta “filho do lado direito”, por extensão, “o bem-amado”.

Bianca: “branca”, “alva”, “cândida”. O nome Bianca é a versão italiana de Branca, a partir da palavra italiana bianca, que quer dizer literalmente “branca, alva, cândida”.

Brenda: “pequeno corvo fêmea”, “chefe”, “líder”, “inteligente”. Ele teria surgido nas Ilhas Shetland, pertencentes à Escócia.
As possibilidades de étimo indicam Brena, que é o feminino de Brendam para os escoceses (o mesmo que Breno, em português) ou, ainda, o gaélico Breandam, que significa literalmente “pequeno corvo”, por extensão, “pequeno corvo fêmea”.
No que respeita a Breno​, o nome significa “sopro criador”, “espírito criador”. Historicamente tem também o sentido de “chefe”. Segundo os historiadores, durante a invasão gaulesa a Roma no século IV a.C., os chefes dos exércitos eram chamados de Breno. A partir daí, os romanos começaram a utilizar esta palavra como um título de importância que significaria “chefe” ou “líder”.
O nome reflete os atributos de liderança, que o designam, bem como de inteligência, à medida que essa é uma das características do corvo, uma vez que ele apresenta sinais de inteligência.

Bruno: “marrom”, “castanho”, “bronzeado”, “moreno”. Pode ter vindo do latim brunus, como do germânico brun, que querem dizer literalmente “marrom” ou “moreno”.


significado dos nomes - C

Voltar

Caio: “alegre”, “contente” ou “feliz”. O nome Caio tem raiz do latim Caius, que por sua vez se originou de Gaius, abreviação de gavius, de gaudere, que significa “regozijar-se”.

Cainã: “aquele que adquire”, “possuidor”. É uma variante gráfica de Caim, a partir hebraico antigo Cainan, deriva de Qaynah, que significa “adquirido, possuidor”.

Camille: Significa “filha do primogênito”, “filha do Sol”, “mensageira” ou “menina de coro”. Camille é a versão francesa de Camila, variante feminina de Camilo.

Carolina: Significa “mulher do povo”, “mulher doce”. É considerado o diminutivo de Carla, o qual surge como feminino de Carlos. Do germânico Karl, karal, kerl, quer dizer literalmente “homem do povo”, se transformando em “mulher do povo” para a variante feminina.
Pode também ter sido derivado da variante do latim Carolus, outra versão de Carlos. Há ainda algumas fontes que relacionam a origem de Carolina com a união dos termos germânicos karl, “homem”, e lind, que quer dizer “doce”, significando “mulher doce”.

Cauê: “gavião” ou “falcão”. Cauê é um nome de origem do Tupi, sendo provavelmente uma variante de Kauã, o nome que os índios tupi davam a aves de rapina da mesma família dos falcões.

Cibele: “espírito criador do calor e da vida”, “espírito gerador do calor e da vida” ou “a grande mãe dos deuses”.
O nome de origem incerta provavelmente surgiu a partir do grego Kybéle, a partir da evolução das onomatopeias primitivas Ja-ber, Ka-bel, Ky-bel, Cybel-es, e significa “espírito criador (gerador) do calor e da vida”.
A deusa Cibela é relacionada com ciclo da vida e da morte, ou seja, a vida, a morte e o renascimento (ressurreição).

Clara: “brilhante”, “clara”, “luminosa” e “ilustre”. Tem origem do latim Clarus, a partir do adjetivo clara, e significa “brilhante, ilustre”.
Era inicialmente um nome predominantemente masculino e teve sua forma feminina popularizada do século XIII com a influência de Santa Clara de Assis. A partir deste momento o nome tornou-se muito mais comum na forma feminina do que na masculina.

Cléo: “glória”, “revelação”. É o mesmo que Clea, que tem origem no grego Kelio, derivado de kléos, que quer dizer literalmente “glória, revelação”.


Voltar

Daniela: “Deus é meu juiz” ou “É o Senhor quem me julga”. É a versão feminina do nome Daniel, que surgiu a partir do hebraico Danyyel, formado pela junção dos elementos dan, que significa literalmente “juiz”, e El, quer dizer “Deus”.

David: “amado”, “aquele que é amado”, “querido”, “predileto”. É uma variante de Davi, nome originado a partir do hebraico Dawid, Dawídh, que deriva do termo dwd, que quer dizer “amado”, “querido” ou “predileto”

Diego: “aquele que doutrina”, “conselheiro”; “aquele que vem do calcanhar”. Algumas fontes o relacionam com o latim didacus, que deriva do grego didache e que quer dizer “doutrina” ou “ensino”. Assim, o nome Diego tem o significado de “aquele que doutrina”, “aquele que ensina”.

Dimitre: “devoto ou dedicado à Deméter”, “dedicado à Mãe Terra” ou “em honra à Mãe Terra”. É uma versão russa de Demétrio, nomes que tem como origem etimológica o grego Demétrios, que pode ser traduzido como “devoto de Deméter”.

Deméter é o nome da deusa grega da agricultura, aclamada popularmente como a “Mãe Terra”, protetora e principal fornecedora dos nutrientes necessários para a terra gerar boas plantações.


significado dos nomes - E

Voltar

Edgar: “o que protege suas riquezas com a lança” ou “lança abençoada, afortunada”. De origem germânica, a partir de Audagar, Eadgar, que une duas palavras, ead, que significa “riqueza, fortuna, bênção”, e gar, que quer dizer “lança”, e significa “o que protege suas riquezas com a lança, ou lança abençoada, afortunada”.

Eduardo:”guardião das riquezas”, “protetor das riquezas” ou “guardião rico”. Tem origem no nome germânico Hadaward, composto pela junção dos elementos ead, que significa “rico, próspero”, e weard, ward, que quer dizer “guarda, guardião”.
As pessoas com esse nome são pessoas que têm tendência para as artes, motivo pelo qual guardam uma importante riqueza, que é o seu talento.

Elias: “o Senhor é o meu Deus”, “Jeová é meu Deus”. É um nome bíblico, tem origem no hebraico Aliyyáh, Elijah, a partir do grego Elias, deriva do elemento El, que quer dizer “Senhor, Jeová, Deus” e significa “o Senhor é o meu Deus, Jeová é o meu Deus”.

Elisa: “o meu Deus é um juramento”, “Deus é abundância”, “promessa divina”; “alegre”. É uma forma encurtada de Elisabete, nome de origem hebraica. Elisabete do hebraico Elishebba, que quer dizer “Deus é juramento”, “Deus é abundância” ou “promessa divina”.

Eloísa: “saudável” ou “saudavelmente larga”. É uma variante gráfica de Heloísa, originada a partir do francês antigo Héloïse, deriva do germânico Helewidis, formado pela união dos elementos heil, que quer dizer “saudável” e wid, que significa “larga”.
Alguns autores defendem que Heloísa tenha origem no germânico Helewidis, como uma variante feminina de Aloísio ou Aluísio.

Emanuel: “Deus (está) conosco”. Se originou a partir do termo hebraico Immanuel, composto pelos elementos immánu, que significa “conosco”, e El, que quer dizer “Deus” ou “Senhor”.

Estéfani: “a coroada”, “a premiada”. Tem origem a partir do latim Sthephania que, por sua vez, surge do nome grego Stéphanos, o mesmo que Stephanus, em latim, significa “a coroada”.

Eva: “a que vive”, “a vivente”, “a que tem vida” ou “cheia de vida”. Tem origem a partir do hebraico Hawwá, Havah, derivado da raiz hawá, que quer dizer “ela viveu” e, portanto é atribuído o significado de “a que vive”, “a vivente”.


significado dos nomes - F

Voltar

Fábio: “fava”, “plantador de favas” ou “prosperidade e sorte”. Tem origem no latim Fabius, derivado de faba, que quer dizer literalmente “fava”.A fava simbolizava para os romanos a prosperidade e era utilizada para dar sorte.
Por extensão, o nome tem o sentido de “plantador de favas” ou “prosperidade e sorte”, conforme reflete a simbologia da planta.

Fátima: “mulher que desmama seus filhos”, “mulher que realizou seus filhos no caminho do conhecimento divino”. Um nome com dois significados, um derivado da sua etimologia e outro místico.
O nome Fátima vem do persa Fatimat, Fatima, do árabe Faatima e quer dizer “mulher que desmama seus filhos”. Da mesma raiz etimológica foi originado o elemento fath, que quer dizer “graça divina descida sobre os que estão adiantados no conhecimento sagrado”, “vitória” ou “conquista” e fattah que significa “conquistador”, “aquele que abre”, “um dos nomes de Deus”.
Relacionado a estes elementos, é atribuído o significado místico de “mulher que realizou seus filhos no caminho do conhecimento divino”.

Fernanda: “ousada para atingir a paz”. É uma variante feminina de Fernando, nome que se originou através do germânico Fredenando, derivado de Fridunanth. Composto pela junção dos termos ridu, quer dizer “paz”, e nanthjan, nanth, que significa “ousar”, Fernanda significa “ousada para atingir a paz”.

Flávia: “dourada”, “loura”. É a variante feminina de Flávio, que tem origem no nome romano Flavius, a partir do latim Flavius, que quer dizer “dourado, louro”.
Assim como muitos nomes, sua origem decorre de uma característica física. Nesse sentido, teria sido utilizado para nomear pessoas que tivessem os cabelos claros.

Flora: “florida”, por extensão, “repleta de beleza”, “perfeita”. Surge a partir do latim Flora, que derivado de flor, floris e significa “florida”, “cheia de flores”.
Trata-se, sem dúvida, de um nome que carrega atributos de desenvolvimento e prosperidade, além de refletir as características inerentes às flores, especialmente no que respeita à beleza e perfeição, de modo que, por extensão, o nome tem o sentido de “repleta de beleza”, “perfeita”.

Francisco: “francês livre”, ou “aquele que vem da França”. Tem origem no latim Franciscus, que veio do germânico Frank, que quer dizer “franco”, mais o sufixo isk, que denota nacionalidade. Franco significa “livre”, por isso a tradução do nome Francisco é “francês livre”.


Voltar

Gabriel: “homem de Deus”, “homem forte de Deus”, “fortaleza de Deus”, “mensageiro de Deus”. Tem origem no hebraico Gabriel, composto pela união dos elementos gébher, que significa “homem, homem forte”, e el, que quer dizer “Deus”.

Gael: “belo e generoso” “de origem irlandesa” “o que protege” ou “o protegido”.
Algumas teorias e estudiosos da onomástica acreditam que o nome teria surgido a partir do bretão Gwrnäel. O seu significado, “belo e generoso”, é o resultado da junção das palavras gwenn, que significa “branco”, “belo” ou “abençoado”, e hael, que significa “generoso”.

George: “o que trabalha na terra”, “agricultor”. É a variante inglesa de Jorge, tem origem no grego Geórgios, a partir de georgós, composto pelos elementos ge, que quer dizer “terra” e érghon, que significa “trabalho”.

Geovana: “Deus é cheio de graça”, “agraciada por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus”, “presente de Deus” ou “Deus perdoa”.
Geovana é considerada uma variante do nome italiano Giovanna, que têm o mesmo sentido de que o nome Joana.

Glenda: “aquela que vem do vale”, “mulher que tem origem no vale”, “nascida no vale”. É inglês e tem origem galesa, vem da palavra glyn, que significa vale, de modo que o nome próprio tem o sentido de “aquela que vem do vale”, “mulher que tem origem no vale”, “nascida no vale”.

Guilherme: “protetor decidido” ou “protetor corajoso”. Tem origem no nome germânico Willahelm, composto pela união dos elementos will, vilja, wailja, que quer dizer “vontade, desejo”, e helm, hilms, que quer dizer “proteção, capacete”. Significa “protetor decidido” ou “protetor corajoso”.

Graziela: “pequena graça”,  “pequeno dom divino”, “pequena benevolência divina”, “pequeno presente de Deus”, “presente estimado de Deus”. Tem origem italiana, surgiu Graziella (com 2 L) e é o diminutivo de Grazia (o mesmo que Graça, em português).
De origem religiosa, isso porque graça significa “dom divino”, “benevolência divina”, “presente de Deus”. Por extensão, Graziela carrega o sentido de  “pequena graça”,  “pequeno dom divino”, “pequena benevolência divina”, “pequeno presente de Deus”.

Gustavo:“protegido por Deus”, “pessoal dos godos” ou “convidado glorioso”. Tem origem no nome sueco Gustaf, a partir do germânico latinizado Chustaffus, quer dizer “protegido por Deus”.
Há autores que acreditam que Gustavo tenha vindo do nórdico antigo Gautstafr, formado pela união dos elementos Gautr, que quer dizer “Gótico”, e stafr, que quer dizer “pessoal”. Nesse sentido, significa “pessoal dos godos”.
Também existe outra vertente que atribui sua origem como uma derivação do nome eslavo Gostislav, que é composto pelos termos gost, que significa “convidado”, e slav, que quer dizer “glória”. Dessa junção, resulta o significado “convidado glorioso”.


Voltar

Hanna: “graciosa” ou “cheia de graça”; “Deus é cheio de graça”, “agraciada por Deus”; “a graça e misericórdia de Deus”, “Deus perdoa”; “flor”.

Helena: “a reluzente”, “a resplandecente”. É um nome feminino que teve origem com o grego Heléne, a partir de heláne, que significa “tocha”. O termo hélê quer dizer “raio de Sol”, fazendo com que o significado de Helena seja “a reluzente” ou “a resplandecente”.

Henrique: “senhor do lar”, “príncipe do lar” ou “governante da casa”. Tem origem no nome germânico Haimirich, composto pela união dos elementos heim, que significa “lar”, “casa”, e rik, que quer dizer “senhor”, “príncipe”, “poder”. Dessa junção, resulta o significado “senhor do lar”, “príncipe do lar” ou “governante da casa”.

Huberto: Esperto, inteligente.

Hugo: “coração”, “mente”, “espírito”, “o pensador” ou “inteligente”. Tem origem no germânico Hugi, derivado do elemento hug, que significa “coração”, “espírito”, “mente”. Há autores que também o traduzem como “o pensador” ou “inteligente”.


significado dos nomes - I

Voltar

Iago: Significa “aquele que vem do calcanhar” ou “que Deus o proteja”. Surgiu a partir do latim Iacobus, uma variante espanhola e galesa de Jacó, nome originado a partir do hebraico Yaaqobh, que está associado ao aramaico iqbá, ao acadiano iqbu e ao árabe aqib, e que quer dizer “calcanhar”.
Outra vertente associa a origem de Jacó com outro nome hipotético, Ya’aqov’el, que quer dizer “que Deus o proteja”.

Ian: “Deus é gracioso”, “presente de Deus”, “graça de Deus” ou mesmo “Deus perdoa”. É uma variação escocesa do nome João, que vem do hebraico Iohanan ou Yehokhanan, derivado de Yah “Javé”, “Jeová”, “Deus” e hannah “graça”.

Iara: “senhora das águas”, “mãe d’água”, “a beleza das águas” ou “dominadora”. É um nome de origem indígena, cuja raiz do Tupi-guarani y-îara significa “senhora das águas”, “mãe d’água”, “a beleza das águas” ou “dominadora”.​
Iara ou Uiara, no imaginário indígena brasileiro, é também conhecida como a “Mãe D’Água”, uma bela sereia que vive no rio Amazonas e em seus afluentes.

Ícaro: “seguidor”. É um nome derivado do grego Ikaros, que provavelmente significa “o seguidor”. A versão do nome em latim é Icarus, e em etrusco é Vicare.
Ícaro é também o nome de um personagem da mitologia grega. Ele ficou conhecido por ter tentado voar com asas feitas por seu pai, Dédalo.

Iolanda: “violeta”. Surge a partir do latim viola, que por sua vez, tem origem no grego íole.

Isaac: “ele irá rir”, “filho da alegria”. É a versão em inglês de Isaque. Tem como origem os nomes hebraicos Itshak e Yitzháq, os quais derivam da palavra tzaháq, que literalmente quer dizer “ele irá rir”. Por extensão, o nome tem o sentido de “filho da alegria”.

Isabela: “casta”, “pura”, “Deus é juramento” ou “consagrada a Deus”. Uma variante do nome Isabel, que tem origem no nome hebraico Izebel, que significa “casta, pura”.
Alguns estudiosos consideram que este nome tenha relação com o nome Elisabete, aparecendo como sua forma medieval. Elisabete vem do hebraico Elishebba e significa “Deus é juramento” ou “consagrada a Deus”.

Isadora: “dada por Ísis” ou “dádiva de Ísis”. A origem do nome é o grego Isídoros, formado pelas palavras Isis (nome da deusa egípcia) e dôron, que quer dizer “presente”, “dom” ou “dádiva”. 
Isadora é considerado uma homenagem a Ísis, a deusa egípcia da maternidade e da fertilidade.

Isis: O nome Isis é a versão grega do nome Ueset ou Aset, como era chamada a deusa entre os egípcios. Seu nome significa originalmente “eu nasci de mim mesma, não venho de ninguém”.


significado dos nomes - J

Voltar

Jacob: “aquele que vence”, “o vencedor” ou “suplantador”. A origem do nome Jacob é o hebraico Ya’aqov.

Jade: Significa “flanco”, “lado” ou “pedra preciosa”. É um nome predominantemente feminino e que se originou a partir do latim ilia, que quer dizer “pedra do flanco” ou “pedra do lado”.
A jade é uma pedra precisa de cor verde e bastante bonita, utilizada para a produção de ornamentos, como joias e demais objetos de decoração.

Jaqueline: “aquela que vem do calcanhar”, “a última gêmea a nascer”. O nome foi emprestado do nome francês Jacqueline e é o feminino do nome masculino Jacques, que equivale a Jacó em português.
Este nome vem originalmente do hebraico Yaaqobh e tem origem bíblica. Significa “aquele que vem do calcanhar” pelo fato de Jacó ter nascido segurando o calcanhar do seu irmão gêmeo Esaú.

Jasmin: Significa “jasmim”. É uma variante inglesa e a versão alemã de Jasmim, o mesmo que Yasmin, que tem origem no nome persa Yasmin, que quer dizer literalmente “jasmim”, uma espécie de flor muito perfumada.

Jean: Significa “agraciado por Deus”, “a graça e misericórdia de Deus”, “Deus perdoa” ou “Deus é cheio de graça”.
Jean é considerado a variante francesa do nome João, que vem originalmente do hebraico Iohanan, resultado da junção dos elementos Yah, que significa “Javé, Jeová, Deus” e hannah, que significa ”graça”, do qual o sentido obtido é “agraciado por Deus”, “a graça e misericórdia de Deus”, “Deus perdoa” ou “Deus é cheio de graça”.

Jeferson: “filho de Joffrey” ou Jofre, “filho daquele que pacifica ou restabelece a paz”.
Tem origem no nome inglês Jefferson, cujo significado é “filho de Joffrey” ou Jofre. Jofre, por sua vez, vêm do germânico Galfridus, Gaufridus, Goisfridus resultado da junção dos elementos gewi, geuvwes, gou, Gau, que significa “distrito, região” e fridus, que significa “paz”, sendo assim “aquele que pacifica ou restabelece a paz”. 

Jerônimo: “nome sagrado”. Tem origem no nome grego Hierónymus, composto pela união dos elementos hiéros, que significa “sagrado” e onyma, onoma que quer dizer “nome”.

Jéssica: “a observadora”. Tem origem no hebraico Yiskah​, que quer dizer “ela observa, ela vê”, de modo que, por extensão, tem o sentido de “a observadora”.

João: Significa “Deus é cheio de graça”, “agraciado por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus” e “Deus perdoa”.
Tem origem no hebraico Yehokhanan, Iohanan, composto pela união dos elementos Yah, que significa “Javé, Jeová, Deus”, e hannah, que quer dizer “graça”. Significa “Deus é gracioso, agraciado por Deus, a graça e misericórdia de Deus, Deus perdoa”.

Joaquina: Significa “estabelecida por Deus (Jeová)”, “Jeová exaltou” ou “Jeová estabeleceu”. É a variante feminina de Joaquim, que tem origem no hebraico Jehoiachim, que quer dizer “Jeová (Deus) estabeleceu”.

José: Significa “aquele que acrescenta”, “acréscimo do Senhor” ou “Deus multiplica”. Tem origem no hebraico Yosef, que quer dizer “Ele acrescentará”, referindo-se a Deus.

June: Deusa da bondade.


Voltar

Kalil: Significa “amigo”, “amigo chegado”, “camarada honorável”. Kalil é uma variante do nome árabe Khalil, palavra árabe que quer dizer literalmente “amigo”.

Karin: “pura” ou “casta”. É a versão sueca de Katherine, variante inglesa de Catarina, que surgiu através do nome grego Aikaterhíne, a partir da palavra kathará, que quer dizer “pura” ou “casta”.


significado dos nomes - L

Voltar

Laís: “local com leões”; “a democrática”, “a popular”,  “mulher que tem popularidade”. Vem do hebraico Laith ou Laish (que pode ser traduzido como “leoa”) e chegou ao português através do latim Laidis.

Lara: “muda”; “falante”; “da acrópole” ou, ainda, “loureiro”, “vitoriosa”.

Laura: “loureiro”, “vitoriosa”, “triunfadora”. Laura é o feminino de Lauro e tem origem no substantivo latim laurus, que significa “loureiro, louro”, simbologia do Loureiro na Antiguidade

Leandro: “homem-leão” ou “homem dócil”. Tem origem no grego Leíandros, formado a partir da união das palavras léon, que significa “leão”, e andrós, que quer dizer “homem”. Deste modo, tem o significado de “homem-leão”.
Pode, ainda, ter sido originado pela junção da palavra leîos, que quer dizer “dócil”, com andrós. Nesse caso, Leandro significa “homem dócil” e tem uma maior aproximação com o original Leíandros.
É um nome mitológico. De acordo com a mitologia grega, Leandro teria sido um jovem grego que era apaixonado por Hero, uma das sacerdotisas de Afrodite, que morava às margens de um grande rio.

Lilian: “Deus é juramento”, “Deus é abundância”, “pura”, “inocente”, “maternal”. Lilian, tal como Lília, surge a partir do inglês Lillian, o qual era utilizado como forma afetiva do nome Elisabete e significa “Deus é juramento”, “Deus é abundância”.

Lourenzo: “natural da cidade de Laurento” ou “habitante de Laurento”. É uma variante aproximada do italiano Lorenzo, unida à versão em português Lourenço, que tem origem no latim Laurentius.

Lucas: “o que vem da Lucânia”, “lucano”, “luminoso” ou “iluminado”. Tem origem no grego Loukás, um apelido do original Loukanós, que quer dizer “da Lucânia, lucano”.
O nome Loukanós vem da raiz lyke, luk ou luc, que originaram a palavra lux, que significa “luz”, por isso também é atribuído a Lucas o significado de “luminoso”.

Luiz: “combatente glorioso”, “guerreiro famoso” ou “famoso na guerra”. Luiz é uma variante de Luís, nome originado no germânico Hloddoviko, Chlodovech. É formado pela união dos elementos hlot, hlut, que significa “famoso, ilustre, célebre”, e wig, que quer dizer “guerreiro”.


significado dos nomes - M

Voltar

Maia: “grande”, ou “água”, ou “ilusão”, ou ainda “mãe”. É um nome com origem obscura, que provavelmente surgiu a partir do latim maia ou mai, que quer dizer “grande”.
Na mitologia grega/romana Maia é a deusa da Primavera, da fertilidade, da terra e do renascimento, que deu origem ao nome do mês de Maio. Segundo a tradição, era ela quem dava vida às plantas e fazia as flores desabrocharem após o inverno.

Maísa: “pérola”. Se originou a partir do escocês Maisie ou Mysie, o diminutivo de Mairead, que é a versão escocesa de Margarida.
Margarida, que chegou até à língua portuguesa através do latim Margarita, surge do grego margarítes e significa literalmente “pérola”.
O nome em grego foi obtido a partir do persa murvarid, murwari, que originalmente significava “criatura de luz”.

Mariana: “senhora soberana cheia de graça”, “mulher pura e graciosa”; “senhorinha soberana”, “a purinha”; “pertencente a Mario”, “descendente de Mário”.
O nome Maria tem origem hebraica e sânscrita, e significa “senhora soberana”, “vidente” ou “a pura”. Ana, por sua vez, vem do hebraico Hannah, que quer dizer “cheia de graça”. Neste caso, Mariana significa “senhora soberana cheia de graça”, “mulher pura e graciosa”.

Mateus: “dom de Deus”, “presente de Deus”, “dádiva de Deus”. É um nome masculino originado a partir do hebraico Mattiyyah. Trata-se de uma redução do nome Mathathiah, que chegou até à língua portuguesa a partir do latim Mataeus.

Milena: “graciosa”, “querida”; “senhora soberana reluzente”, “vidente resplandecente”; “a pura que reluz”.
O nome Milena tem pelo menos dois étimos. Um deles decorre da forma feminina de Milan, nome originado no eslavo mil, que quer dizer “querido”, “gracioso”. Algumas fontes, porém, relacionam a origem do nome Milena a partir da união dos nomes Maria e Helena.

Muriel: “mar luminoso”; “moura”, “de pele escura”, “negra”. É um nome com duas possibilidades de origem, uma irlandesa e outra francesa.
Através do irlandês Muirgheal, é formado pela união dos elementos muir, que significa “o mar”, e geal, que quer dizer “luminoso, brilhante, resplandecente, claro”. Nesse sentido, significa “mar luminoso”.


significado dos nomes - N

Voltar

Naomi: “meu deleite”, “minha doçura” ou “aquela que é bonita e honesta”, “a honestidade bela”. Tem origem no hebraico Na’omiy, Naomi, que quer dizer “agradabilidade, amenidade, deleite”, também está relacionado com o árabe na’ima, que significa “era agradável”.

Natã: “Ele deu” ou “presente de Deus”. É uma variante de Natan, que do hebraico Nathan, que significa “presente”, “dádiva” ou “dom”.
É nome de dois personagens bíblicos, o profeta Natan e conselheiro do monarca de Israel, o rei Davi e também deu nome a um dos filhos de Davi.
Natan pode ser também uma abreviatura dos nomes Natanias e Natanael.

Nicolau: “o que vence com o povo” ou “o que conduz o povo à vitória”. Vem do grego Nikólaos, composto pelos elementos níke, que quer dizer “vitória” e laos que significa “povo”.

Noah: “descanso”, “repouso”, “de longa vida”. É um nome inglês e bíblico, de origem hebraica. Surge na forma de No’ah, que por sua vez teria surgido a partir da palavra noach (“descanso”).


Voltar

Odara: Paz, tranquilidade.

Orlando: “terra gloriosa”, “natural da terra gloriosa”. Tem origem nos nomes germânicos Hrodland e Ruotlant, formados pelos elementos hrout, que quer dizer “glória” e land, que quer dizer “terra”, de cuja junção resulta o seu significado “terra gloriosa”, por extensão, “natural da terra gloriosa”.

Otávio: “o oitavo” ou “o oitavo filho”. É um nome predominantemente masculino, e tem origem a partir do latim Octavius, derivado de octavus, que quer dizer literalmente “o oitavo”.

Primeiramente, era utilizado pelos romanos para denominar o oitavo filho. Foi também originalmente um nome de família, tendo como mais famoso integrante Caio César Otaviano Augusto (conhecido como Júlio César), primeiro imperador de Roma, inicialmente conhecido como Caio Otávio.

Otto: “rico”, “opulento”, “suntuoso”, próspero”. O nome Otto teria sido utilizado inicialmente como abreviatura de nomes germânicos iniciados pelos elementos od ou ot, tais como Audo, Odo, Otton. Ao encontro do elemento od ou ot, os quais remetem à ideia de riquezas e bens, o nome tem o sentido de “rico”, “opulento”, “suntuoso”, “próspero”.
Assim, Otto carrega consigo os atributos de quem possui muitos bens, além do que destaca as qualidades das pessoas que possivelmente fazem com que elas sejam boas e admiráveis.


significado dos nomes - P

Voltar

Paola: “pequena” ou “de baixa estatura”. Paola é a versão italiana de Paula, variante feminina de Paulo, que tem origem no nome vindo do latim Paullus, derivado de paullo, que significa “pequeno” ou “baixo”.
Algumas traduções ainda associam um sentido figurado para este nome, atribuindo o sentido de “humildade” ou “a humilde”.

Patrícia: “nobre”, “de classe nobre”, “da mesma pátria” ou “compatriota”. Tem origem do nome latim Patricius, que significa “patrício”, “nobre”, e era atribuído aqueles que representavam a nobreza na civilização da antiga Roma.

Paulo: “pequeno”, “de baixa estatura”. Tem origem no latim Paullus, a partir de paullo, que quer dizer “pequeno” ou “baixo”.

Pedro: “pedra”, “rochedo”. Com origem no nome grego Pétros, este a partir da palavra petra (uma tradução do aramaico Cephas), que significa literalmente “pedra, rochedo”.

Pérola: “feminina”, “virgem”, “pura”, “lunar”, “bela como a lua”, “brilhante como a lua”, “forte”, “constante”. Vem da palavra em latim perla, que significa “pérola”.
A pérola sempre foi considerada um ornamento feminino e representa feminilidade. A semelhança da pérola com a lua torna a comparação quase impossível de evitar. O formato e brilho da pérola fazem lembrar a lua.

Pietro: “pedra”, “rochedo” ou “firme”. Pietro é considerado a versão italiana do nome Pedro, que ficou historicamente conhecido por ter sido um dos supostos apóstolos de Jesus Cristo.
O nome reflete qualidades de resistência.

Pricila: “familiar de alguém venerável”, “que pertence a Prisco” ou “da natureza de Prisco”. O nome espanhol Pricila tem origem do latim Priscilo e surge como o diminutivo de Prisco – um nome que equivale a Gerôncio e significa “antigo”, “venerável”.
O masculino Priscilo, embora tenha perdido a sua popularidade, foi o primeiro a surgir. Depois dele, o primeiro registro feminino é encontrado na Inglaterra na forma Precilla. 


significado dos nomes - R

Voltar

Raissa: “filha ou descendente de Hera”; “mais relaxada”, “tranquila”; “rosa”, “líder”, “chefe”. Pode ser considerado uma variação do russo Raisa, o qual tem o mesmo sentido que Irailda.
Irailda tem origem grega. Surge de Erhais, que significa “filha ou descendente de Hera”. Erhais (o mesmo que Hera, em português) é o nome da deusa Juno no panteão grego. Hera é a rainha do Olimpo.

Ramon: “sábio protetor” ou “aquele que protege com conselhos”. Ramon ou Ramón é a variante espanhola do nome português Raimundo, que se originou a partir do germânico Ragnemundus ou Raginmund.
Este nome é formado a partir da junção dos elementos ragin, que significa “conselho” e mund, que quer dizer “proteção”.
Ramona é a versão feminina desse nome, e equivale a Raimunda.

Renata: “renascida”, “ressuscitada” ou “nascida pela segunda vez”. Tem origem do latim Renatus. Natus significa “nascer”, enquanto o prefixo “re”, por sua vez, indica a repetição do ato, dando a origem ao significado de “renascer”.
Por extensão, tem o sentido de “renascida”, “ressuscitada” ou “nascida pela segunda vez”.

Ricardo:“príncipe forte” ou “príncipe corajoso”. Tem origem no nome germânico Ricohard, que é formado pelos elementos rik, que significa “príncipe”, e hard, que quer dizer “forte”, “corajoso”. Dessa junção resulta o sentido de “príncipe forte”, “príncipe corajoso”.
Este nome carrega atributos de qualidade, os quais possivelmente poderão ser transmitidos a meninos assim registrados. 

Rita: “pérola”, “criatura de luz”, “iluminada”. Rita é o diminutivo do nome italiano Margherita, que deu origem à Margarida, a partir do grego margarítes, do latim Margarita, que quer dizer literalmente “pérola”.
Há estudiosos que acreditam que os gregos tomaram o nome emprestado do persa murvarid, murwari, que significa “criatura de luz”, por extensão, “iluminada”.

Roberta: “aquela que a glória tornou famosa”, “brilhante na glória” ou “famosa e gloriosa”. É a versão feminina de Roberto, nome originado do germânico Hrodebert. Este é formado pela união dos termos hruot, que significa “glória”, e berhto, que quer dizer “brilhante”, “afamado”.
Desta forma, o nome tem o sentido de “aquela que a glória tornou famosa”, “brilhante na glória” ou “famosa e gloriosa”.

Rodrigo: “poderosamente famoso”, “famoso pela sua glória” ou “governante poderoso”, “rei famoso”. Surgiu do germânico antigo Hrodric e chegou à língua portugues através do latim Rodericus. No inglês antigo, o nome era escrito na forma Hrēðrīc e Hroðricus. 
O significado desse nome resulta da junção dos elementos hruot, que significa “fama”, e rik, que significa “príncipe, governante”.

Ruan: “Deus é gracioso”, “com a graça de Deus” ou “pequeno ruivo”, “pequeno avermelhado”. É uma das variantes do nome João, que tem origem no hebraico Iohanan, a partir de Yah “Javé, Jeová, Deus” e hannah “graça”.
Alguns estudiosos acreditam que Ruan seria uma aproximação fonética portuguesa da versão espanhola Juan. 

Rúbia: “loira” ou “dourada”. Sua origem é da palavra espanhola “rubia”, palavra usada para descrever uma mulher com cabelos loiros.


significado dos nomes - S

Voltar

Sabrina: “princesa”; “cactus espinhoso”; “como o sabre”; “a que é da fronteira”. Tem pelo menos dois étimos: anglo-saxônico e hebraico.
Do anglo-saxão Sabrina, tem o sentido de “princesa”. Segundo a lenda, uma ninfa ou princesa teria se afogado em um rio, sendo que este foi batizado com seu nome, rio Severna, localizado na Inglaterra. 
Nesse sentido, partilha do significado do nome Sara, do hebraico Sarah, o mesmo que “princesa” ou, ainda, o correlato acadiano sharru, príncipe e sharratu, princesa. Este nome feminino reflete atributos nobres. 
No que respeita à origem hebraica Tzabar, que tem como variante árabe Sabra, significa, literalmente, “cactus espinhoso”.

Samanta:“limite”, “término”, “a que está presente em todas as partes”, “universal” ou “flor com o nome é Deus”. Tem uma origem incerta, sendo motivo de vários debates entre os etimologistas.
No entanto, existe uma teoria que supõe que o nome tenha se originado a partir do sânscrito Samanta, que deriva das raízes Sa, que significa “laço”, “aderência” ou “o que reúne”; Ma, relativo à “o tempo”, “a medida”; e Ta, que quer dizer “força”, “conservação”, “ação de transpassar”.
Assim, o suposto significado deste nome seria literalmente: “o limite”, “término”, e por extensão, “presente em todas as partes”, “universal”.

Samuel: “Nome de Deus”. Tem origem no hebraico Shemu’el, que quer dizer literalmente “seu nome é Deus”. O primeiro elemento tem relação com o aramaico shem, shema, shum, que significa “nome”, e o segundo, El, quer dizer “Deus, Senhor”.

Sara: “princesa”, “senhora”, “dama”. Tem origem no hebraico Sarah, que quer dizer literalmente “princesa”. Além de “princesa”, pode ser traduzido para “senhora” ou “dama”.

Sebastião: “sagrado”, “venerável”, “reverenciado”. Através do latim Sebastianus, tem origem no nome grego Sebastianós, que deriva da palavra sebastós, que quer dizer literalmente “sagrado, venerável”.
Alguns autores relacionam o latim Sebastianus ao nome dos habitantes de uma cidade antiga da Capadócia, chamada Sabastia, que também quer dizer “sagrado”. Segundo esta acepção, Sebastianus significa “de Sebastia, natural de Sebastia”.

Serafim: “ardente”, “incandescente”. Vem do hebraico Seraphim, a partir de seraph, que quer dizer “arder”, significa “ardente, incandescente”.
De acordo com a descrição de Isaías na Bíblia, os serafins eram uma ordem de anjos da Primeira Hierarquia que tinham a função de louvar e adorar a Deus.

Serena: “ligação”, “cadeia”, “laço”. É a variante espanhola de Sirena, que tem origem no grego Seirén, através do latim Siren, Sirenis.

Sofia: “sabedoria” ou “a sábia”. Surgiu a partir do grego sophia, que significa literalmente “sabedoria”. Pode ser traduzido também como “o Verbo” (santidade) em sua forma feminina.

Stephanie: “coroa” ou “coroada”. É a variante inglesa e francesa do nome de origem grega stephanos, que significa “coroa” ou “grinalda”.
O mesmo chegou até à língua portuguesa através do latim Stephania e também pode ser considerado uma variante feminina do nome Stephen ou Estevão, em português.


Voltar

Tábata: “gazela”. O nome Tábata é uma variante do nome Tabita, com origem no aramaico Tabitha, que significa “gazela”.
No Novo Testamento da Bíblia, Tábata é o nome da menina ressuscitada pelo apóstolo Pedro.

Tadeu: “coração”, “peito”, “seio”, “íntimo”. Vem do nome hebraico Taddáy, que deriva do grego Thaddaios, do latim Thaddaeus, que tem relação com o aramaico tedhayya e o árabe thady.

Tales: “verdejante” ou “o que está florindo”. É uma variante portuguesa do nome de origem no grego Tháles​, que deriva da raiz thálo, que quer dizer “verdejar”, “florir”, “florescer”, e significa “verdejante” ou “o que está florindo”.
Este é o nome de um filósofo e matemático grego vivido no século VI a.C, conhecido como primeiro filósofo do Ocidente.

Tatiana: “pertencente à Tácio”, “pertencente ao pai” ou “semelhante ao pai”. É a variante feminina de Tatiano, nome que tem origem no latim Tatianus.
O nome Tácio vem do latim Tatius e está relacionado com tata, uma palavra de origem sabina, que quer dizer “pai” ou “pai da criação”. 

Téo: “Deus”. Tem origem no nome grego théos, que quer dizer literalmente “deus”. No início era o nome dado a um dos muitos deuses gregos e apenas mais tarde, com a chegada do cristianismo, passou a significar “Deus Supremo”.
Pode ser também usado como o diminutivo dos nomes iniciados por Teo, como Teobaldo ou Teodoro.

Thainá: “astro celestial”, “estrela” ou “a estrela da manhã”. É uma variação do nome Tainá, que se originou a partir do Tupi Guarani – um dos idiomas indígenas mais falados no Brasil.
O termo “tainá” significa “estrela”, e era utilizado pelos índios para designar os astros celestes.


Voltar

Umberto: “famoso pela força” ou “brilhante pela força”. É uma variante gráfica italiana de Humberto, nome derivado a partir do germânico Hunberct, palavra formada pela junção dos elementos huni / hun, que quer dizer “gigante” ou “força”, e berth / beraht, que significa “ilustre” ou “famoso”.
Assim, o significado deste nome próprio pode ser interpretado como “aquele que é famoso pela força” ou “brilhante ou ilustre por sua força”.


Voltar

Vagner: “construtor de carroças”, “fabricante de vagões”, “transportador”. É de origem alemã, vem do sobrenome germânico Waganari, que era o nome dado a pessoas que trabalhavam com transportes de mercadorias, bem como na construção de vagões ou carroças.

Valentina: “valente”, “forte”, “vigorosa”, “cheia de saúde”. É a variante feminina de Valentim, Valentino, o qual tem origem no nome do latim Valentinus.
Trata-se de um diminutivo de valens, valentis. Quer dizer “valente, forte, vigoroso, cheio de saúde”.
É um nome muito popular na Rússia, que tem como uma das personalidades mais conhecidas a primeira mulher a visitar o espaço, a cosmonauta Valentina Tereshkova.

Victor: “vencedor”, “vitorioso”, “conquistador”. Tem origem no nome vindo do latim Victor, que deriva da palavra victor, que quer dizer literalmente “vitorioso”.

Vincent: “conquistador”, “vencedor”, “aquele que vence” ou “aquele que conquista”. É a versão inglesa de Vicente, nome originado a partir do latim Vincentius, derivado do verbo vincere, que significa “vencer”. Como vencer é um verbo de ação, o significado atribuído à Vincent é de “vencendo” ou “aquele que está vencendo”.

Vinícius: “vinho”, “vinicultor” ou “da natureza do vinho”. Tem origem no nome latim Vinicius, que possivelmente deriva de vinum, que significa literalmente “vinho”. Assim sendo, por extensão, Vinícius significaria “vinicultor, “aquele que produz vinho”. 


Voltar

Welington: “do lugar próximo a um curso d’água”. É uma variante gráfica de Wellington, originado no inglês antigo Wellington, um nome de residência derivado a partir de um nome de lugar que significa “do lugar próximo a um curso d’água”.

Wendy: “mulher justa”, “moça abençoada”.  Embora não se possa afirmar a origem do nome Wendy, estudiosos da onomástica indicam que o mesmo possivelmente estaria associado a nomes que tivessem na sua formação o elemento Gwen, tal como Jenifer.

Wilian: “aquele que protege”, “aquele que é capaz de proteger”, “protetor corajoso”. Tem origem no nome germânico Willahelm, o mesmo que Guilherme em português e a junção dos elementos will, que significa “vontade” e helma, que significa “proteção”, resultando em “aquele que protege”, “aquele que é capaz de proteger”, “protetor corajoso”.


Voltar

Yohanna: “agraciada por Deus”, “Deus é cheio de graça” ou “a graça e misericórdia de Deus”, “presente de Deus” ou “Deus perdoa”. A origem deste nome é o hebraico Yehokhanan. Yohanna é um dos femininos do nome João e equivale ao nome Joana, na versão feminina.

Yudi: “bravo, corajoso”, “superior, gentil”, “homem forte”. É provável que o nome Yudi tenha origem japonesa. Isso porque, embora o seu significado não seja conhecido, o elemento yu, em japonês, significa “bravura, coragem”, “superioridade, gentileza”, “sexo masculino, macho”, “distante, longo tempo”.


Voltar

Zaíra: “a que tem a pele brilhante”, “pequena ou delicada”. Possui dois étimos cujos significados são distintos. Um deles está relacionado ao árabe Zahírah, que literalmente significa “a que tem a pele brilhante”, enquanto o outro está relacionado com o também árabe Zahir (Zair, em português), que significa “pequeno, delgado”.

Zara: “flor que floresce”. É a versão inglesa de Zaïre, nome criado pelo escritor e filósofo francês Voltaire para uma peça de mesmo nome que conta a história de uma mulher cristã escravizada pelos muçulmanos. Provavelmente o nome surgiu a partir do árabe Zahrah, que significa “flor que floresce”.

Zion: “terra prometida”. Os pais que registam seus filhos com esse nome bíblico, que simboliza a Terra Prometida, pretendem transmitir ao seu descendente o sentido de confiança, segurança, esperando que as pessoas ao seu redor se sintam bem pelo fato de Zion lhe transmitir sentimentos como paz, sinceridade e lealdade.

São muitas opções não é mesmo? Espero que eu possa ter ajudado nesse passo muito importante e provisório!

E você, encontrou o significado do seu nome ou de alguém querido? Conta pra gente!

O nome da loja Moda Madá vem de Madalena, fonte de inspiração para o nascimento deste e-commerce! Eu conto mais sobre o seu significado e um pouquinho sobre a história da loja neste post.


Fontes: Bebe Abril e Significado dos nomes.
Compartilhar

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *