separação e filhos

De tempos para cá o divórcio ou separação se tornou mais frequente. Segundo o IBGE, 1 em cada 3 casamentos termina. Mas como lidar com a separação com filhos?

A primeira reposta para essa pergunta já adianto por aqui: é preciso maturidade e priorizar a saúde mental dos seus filhos, pois os reflexos da separação podem ser traumáticos durante toda a vida das crianças.

É claro que não existe nenhuma regra para uma separação saudável, tudo vai depender dos motivos e da forma como a relação terminou, para alguns pais acaba sendo mais fácil do que para outros.

Vamos com algumas dicas básicas para uma separação com filhos de maneira mais saudável?

Sentimentos entre os pais

Os pais devem ser responsáveis com sentimentos como a raiva e mágoas. Seu filho não precisa que isso seja compartilhado com ele, vocês são os responsáveis por isso.

Então procure ajuda de um profissional caso esteja difícil enfrentar o divórcio devido a esses sentimentos. É essencial que vocês busquem ter uma relação mais saudável o possível para que as outras dicas se tornem mais fáceis.

Lembre que antes de ex companheiros vocês são pais. Para as crianças já é uma situação difícil e cheia de mágoas, você não precisa torná-la ainda mais complicada.

Cuidado sobre o que diz

Um dos maiores erros, principalmente pelos sentimentos mencionados antes, é que os pais fiquem falando mal um do outro para os seus filhos.

Evite esse tipo de comportamento, tem coisas que devem ser resolvidas entre adultos.

Converse sobre a separação, deixe claro para a crianças como será a nova rotina e os novos processos, assim ela vai compreender o que está acontecendo de verdade. Claro, mantendo os limites.

Ambiente saudável

separação e filhos

Evite criar um ambiente hostil, você já pensou como é difícil seu filho ainda ter que presenciar brigas?

Quando presentes nesses momentos isso acaba sendo um exemplo de que para resolver problemas dentro de um relacionamento isso funciona a base de brigas.

Ressaltando que as crianças guardam muitas coisas para o resto da sua vida.

Seu filho deve se sentir amado

Muitas crianças acabam se sentindo culpadas de alguma maneira pela separação dos pais e esse sentimento não deve pertencer a elas.

Por isso, é sempre importante deixar claro o quanto são amados e que o final de um casamento não é o final da relação entre pais e filhos.

Divisão

Evitem excessos, mesmo que a criança passe mais tempo com um dos pais procurem estar juntos em alguns momentos em comum, como nos eventos escolares.

É importante que na separação com filhos possa ainda sim trazer a eles o sentimento de companheirismo e aproximação, não façam eles sentirem que não podem viver uma ocasião boa tendo seu pai e mãe juntos por conflitos, isso torna a situação ainda pior.

Cada momento é único

Você não precisa compensar a sua falta fazendo grandes eventos quando está com seu filho ou fazendo todas as suas vontades.

Isso vai ser extremamente prejudicial para a criança no futuro, se mantenha firme e educando como se vivessem ainda na mesma casa.

Não esqueça que estar com você já é importante para a criança, todo pequeno momento juntos – até mesmo em atividades rotineiras – são únicos.

Aproveite a tecnologia

Use e abuse dos meios de comunicação, mesmo você não podendo estar perto como antes a tecnologia pode resolver isso.

Ligue frequentemente para seu filho para saber coisas básicas do dia a dia, como por exemplo: de como foi seu dia, como se sente…

Sentir que está sendo procurado também vai tornar o pai e a mãe mais presente, mesmo que não seja uma presença física, faça questão deste contato.

Minha casa, sua casa

Muitos pais tem o costume de mandar para a casa do pai/mãe roupas e brinquedos nos dias que tem juntos …mas isso é um erro!

Quando seu filho for passar o tempo com você, tenha tudo o que ele precisa na sua casa. Ele precisa sentir que a casa é dele também, não que é apenas uma visita.

Um novo conceito, o birdnesting

separação

Originário da palavra “ninho” em inglês, nos países como EUA, Austrália e Holanda, esse novo conceito tem virado moda. Mas o que é?

O birdnestig ou nesting nada mais é do que manter a mesma casa e os pais é quem saem de casa quando há o revezamento da guarda.

Ainda não há estudos que comprovem a eficácia disso, mas pode ser essencial para que a criança não sinta que está perdendo algo, pois tudo é mantido: seu quarto, seus amigos do bairro, um ambiente familiar…

Para muitas pessoas isso realmente funciona, os pais acabam mantendo suas casas próprias fora do “ninho” ou se hospedam em outro lugar.

Um divisor de opniões, não é mesmo? Mas como disse no começo do post, a maneira de lidar com a separação com filhos é diferente para cada ex casal.

Ter uma separação com filhos é realmente um desafio, mas que pode ser encarado de uma boa maneira. Espero poder ter ajudado com essas dicas e se você tem alguma situação a complementar, deixe seu comentário!

E para os pais de plantão, dá uma olhada neste post que fala sobre a importância da paternidade.


Fontes: Sereno Advogados, Colégio Academia, BBC e JusBrasil.
Compartilhar

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.